venerdì 22 aprile 2011

Mal-amado

Outrora um garção português esperantista chamado «Vesperto», aliás muito antipático, disse que sou mal-amado. Então ele acertou, pois fui mal-amado.

Nessun commento:

Posta un commento